AULA VAGA, o maior problema!



A maior queixa que recebemos dos pais e alunos da rede pública é sobre esse fenômeno, que é o mais intrigante da educação brasileira: a falta de aulas previstas mas não dadas.

Falar em AULA VAGA é proibido na rede pública nacional, pois a falta de aulas nas escolas caracteriza "oferta irregular de ensino", conforme o Artigo 54 § 2º do Estatuto da Criança e do Adolescente, o que sempre denunciamos em nosso Resumo de Leis. Se houvesse, no país, advogados simpáticos à causa dos pais e alunos da rede pública, essas denúncias virariam processos que obrigariam o poder público a remediar ao problema. Mas não há! Filho de advogado estuda na escola particular e não enfrenta essa questão, então, para que vai se preocupar com os filhos... dos outros? Quantos advogados nós já abordamos! Todos viraram as costas...

Muito já escrevemos sobre este assunto, mas resumindo: AULA VAGA é quando o professor falta à aula, quando a escola resolve "enforcar" algum dia letivo por ocasião de feriados prolongados, quando a escola "acha" que compareceram poucos alunos às aulas e os dispensa, quando o professor resolve dispensar os alunos a partir da segunda ou terceira aula do dia, quando a escola faz festas, passa filminho ou dá qualquer "atividade" para tapar buracos. Enfim, o que mais tem nas escolas públicas é AULA VAGA. E não se fala disso, essa expressão é proibida!

A Folha de São Paulo publicou uma matéria sobre AULA VAGA - claro, não com esse nome! - em São Paulo, Capital e Estado. Infelizmente a reportagem só abordou o absenteísmo do professor, o que dá a impressão de ele ser o único "vilão" dessa verdadeira tragédia nacional, que nunca foi tratada com políticas públicas eficazes. Todas as AULAS VAGAS que resultam de decisões arbitrárias da direção das escolas não foram consideradas, portanto a percentagem é certamente muito maior do que a registrada pela Folha.

Por trás de tudo isso, há o lobby da escola particular e o apartheid velado que faz uma divisão clara entre o cidadão "de primeira" e "de segunda" classe em todo o país. Sempre entendendo que as escolas particulares, em sua esmagadora maioria, são tão ruins ou até piores do que as públicas!

Por isso aqui sempre falamos que a AULA VAGA é o nó que amarra a educação brasileira. E só a grita geral da população que tem seus filhos na rede pública poderá iniciar a desamarrar esse nó!

Leia também o texto AULA VAGA: Qual a posição do Brasil nesse "ranking"?

Comentários