Postagens

Mostrando postagens de 2014

Qualidade do ensino, pode cobrar!!

Imagem
Alguma coisa está mudando na concepção dos pais e alunos da rede pública com respeito à qualidade do ensino: finalmente eles estão compreendendo que ela deixa muito a desejar, salvo raríssimas e honrosas exceções, que infelizmente só confirmam a regra. Até ao ano passado, as queixas mais frequentes que recebíamos eram sobre as absurdas percentagens de AULAS VAGAS, que ainda constituem uma praga na rede pública de ensino em todo o país, mas este ano pais e alunos parecem estar percebendo que não adianta ter mais aulas... de má qualidade! Este é um antigo questionamento do EducaFórum, sempre que políticos populistas prometem mais tempo de aulas por dia ou escola de período integral, sem se preocuparem em melhorar a qualidade do ensino. De que adianta aumentar o tempo que o aluno vai esquentar a cadeira na sala de aula, se for para aprender nada... por mais tempo!
Então comece a cobrar QUALIDADE da sua escola ou da escola do seu filho. Veja o que diz a legislação especificamente a este …

A escola intolerante, autoritária e excludente

Imagem
É muito cansativo receber, a cada semana, dezenas de denúncias de alunos impedidos de acessar a sala de aula, principalmente na grande São Paulo, onde muitos estudam longe de casa e se atrasam para chegar à escola. As situações são as mais diversas e divulgamos o assunto N vezes aqui no blog.  Os pais e alunos sempre pedem informações sobre “a lei” que os ampara nesses casos. A legislação está resumida neste link, mas esclarecemos que não há lei que funcione contra a má vontade de diretores de escola e profissionais autoritários e intolerantes, cujo ideal é... ESCOLA VAZIA, sem alunos que atrapalhem sua “tranquilidade”. Algumas situações são graves, pois, ao largarem os alunos fora do portão, a escola pode incorrer em CRIME DE RESPONSABILIDADE, caso ocorra algum acidente com eles, mas geralmente a preocupação só “desperta” depois do ocorrido... Então repetimos: maus profissionais não dão a mínima para a legislação e por isso as respostas que os pais e alunos costumam receber são de p…

Para a Presidente Dilma - Mensagem de avó para avó

Imagem
Cara Dilma,

      Certamente temos algo em comum: ambas somos avós e lutamos pelo progresso de nossa gente (o que é o país, se não sua gente?). É de avó para avó que gostaria de comentar com você um assunto bem delicado.
     Em primeiro lugar quero parabenizar você por ter pautado sua campanha pela luta contra a corrupção. Mas... em momento algum você mencionou o maior caso de corrupção que assola o país... Não se preocupe, não estou me referindo ao mensalão, em linguagem popular diria que esse é "fichinha”! Vou lhe mostrar como, através de um ato de coragem, qualidade que parece possuir, você poderia passar à História como a presidente que devolveu ao Brasil a soberania e o merecido lugar de 7ª economia mundial, acabando com o vergonhoso 84º lugar no IDH - Índice de Desenvolvimento Humano, ou seja, de um país que oferece ao seu povo péssimas condições de educação, saúde, saneamento etc. Vê se você aguenta uns 15 minutinhos de leitura, tá?
      Certamente você não me conhece. …

Alunos de ouro, prata ou bronze?...

Imagem
Uma notícia importante passou totalmente despercebida por esses dias, apenas o Jornal da Band deu a informação no vídeo Alunos tentam arrecadar dinheiro para participar de competição, dia 19/09.
Trata-se de um grupo de 7 alunos da Escola Estadual Luis Magalhães de Araujo, localizada na zona Sul de São Paulo, que foram classificados na Olimpiada de Matemática 2014 para participar do Festival Internacional de Ciência Quanta 2014, na Índia, que vai iniciar dia 15 de novembro. Não vale a pena apontar as diversas falhas de informação da reportagem da Band, já que teve o mérito de divulgar a notícia, ao contrário dos demais meios de comunicação, que a ignoraram.
Os alunos não têm verba para custear a viagem e esta é a pergunta que não quer calar: por que mentes brilhantes que pipocam em vários lugares do país, muitas vezes nas periferias ou em cidades afastadas dos grandes centros urbanos, acabam tendo sua luz abafada pela falta de oportunidades ou pela indiferença geral?...
Já falamos muito a…

Falta de respeito pelos pais de alunos

Imagem
Mais uma vez o assunto é falta de respeito. A falta de respeito pelo aluno predomina na rede pública brasileira, desde as mais altas autoridades da educação até o inspetor de alunos. Já falamos exaustivamente disto em posts anteriores e hoje voltamos ao também já abordado assunto da falta de respeito pelos pais. A maioria dos pais de alunos da rede pública costuma relevar as ofensas, para evitar represálias e perseguições contra os filhos ou até por sentir-se em condição de inferioridade diante de profissionais que se ufanam de seus diplomas ou décadas de magistério. Alguns, felizmente, possuem coragem suficiente para discutir com esses profissionais e procurar instâncias superiores, que possam tomar providências adequadas. Leiam a mensagem que acabamos de receber:
Sou mãe de S, uma menina de 10 anos que está no 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública na região metropolitana de Porto Alegre.
Na última sexta-feira 22/08/2014 fui convidada a comparecer ao Conselho de Classe par…

A escola tabu nº 70 - O educador, esse estorvo!

Imagem
No post O aluno, esse estorvo!, publicado há 3 dias, você leu a mensagem de alunos de uma escola estadual de São Paulo, preocupados com um abaixo-assinado que iniciaram para solicitar à escola passeios educativos ou recreativos, eventos que até então nunca haviam sido  promovidos. Como é de costume na rede pública brasileira, infestada de autoritarismo, essa atitude provocou um clima de terror dentro da escola, que atingiu não apenas os alunos, mas os professores que permitiram a circulação do abaixo assinado em suas classes. Acabamos de receber uma mensagem da professora que "deu permissão" aos alunos de tomar essa atitude e a divulgamos, por entender que é extremamente reveladora de como os poucos EDUCADORES que existem na rede pública são ameaçados e desestimulados a apoiar os alunos, enfim, eles também são tratados como estorvo. Leia também a nossa resposta!
Bem, eu fui a professora que permitiu que o tal abaixo assinado fosse feito,e confesso, apesar de ser nova na carre…

A escola tabu nº 69 - O aluno, esse estorvo!

Imagem
O aluno, esse desconhecido, não tem voz na escola, nas secretarias da educação e muito menos na mídia, neste país que tradicionalmente despreza sua infância e juventude, principalmente a que vive em bolsões de pobreza.
Este blog é um dos poucos meios que permitem a livre expressão dos jovens e frequentemente recebe mensagens que, por sua espontaneidade, mostram claramente o autoritarismo da instituição escola. O e-mail a seguir foi recebido de uma aluna da rede estadual de São Paulo, de 12 anos de idade, que junto com alguns colegas tomou uma atitude rara, mostrando espírito de iniciativa e de liderança, qualidades que a escola brasileira tende a abafar. A mensagem pinta também um quadro da desolação cultural e pedagógica em que estão mergulhadas as escolas de periferia das metrópoles brasileiras, onde a singela iniciativa dessas crianças poderia enriquecer a vida escolar, fugindo à mesmice. Mas, como é habitual, aqui também o aluno foi tratado como estorvo e sua atitude deu início a u…

Ouvidoria da Educação, cada vez mais surda

Imagem
Começamos a chamar a Ouvidoria da Educação do Estado de São Paulo de "Surdoria" já em 2005, ao recebermos (depois de dois meses) uma resposta absurda a uma denúncia sobre uma escola em Mongaguá, o que deixou toda a comunidade revoltada. Além de não ter havido qualquer solução dos problemas apontados, a denúncia para a Ouvidoria resultou na perseguição de alunos, como é habitual quando as "apurações" desse órgão inocentam a escola de qualquer responsabilidade.
Desde então, fizemos muito pouco uso desse órgão inútil e tentamos resolver os problemas diretamente na Secretaria da Educação, onde tivemos muito êxito na época em que o Prof. José Benedito de Oliveira dirigia a extinta COGSP, entre 2008 e 2012. Muitas saudades do Prof. José Benedito! Até hoje dizemos que nosso trabalho é de formiga e nada conseguimos "no atacado", mas o José Benedito resolvia todos os problemas "no varejo", ou seja, reintegrava alunos expulsos injustamente, exigia que as e…

Falta de respeito ou incompetência?...

Imagem
Em mais de duas décadas de "corpo a corpo" com escolas da rede pública e particular em todo o país, nada temos a comemorar.
Às vezes chegam mensagens - principalmente de profissionais da educação - dizendo que não estamos tão mal assim, que o país está progredindo...
Mais uma vez respondemos que o maior problema do país ainda não é a qualidade do ensino, é a FALTA DE RESPEITO pelo aluno. E é por isso que o nosso twitter tem o lema: Respeito pelo aluno: um bom começo!
As denúncias que recebemos são as mais variadas possíveis, como se vê pelo histórico do blog. Mas hoje vamos fazer diferente, trazendo algumas frases de alunos e pais, pinçadas de centenas de mensagens recebidas apenas no último trimestre. Elas mostram que o respeito pelo aluno ainda está longe de ser uma realidade em todo o país, seja em escolas públicas ou particulares, em todos os níveis de ensino e por todas as autoridades envolvidas, desde o professor, o diretor da escola, o supervisor ou dirigente de ensino, …

Black bloc de verdade ou de mentirinha?...

Imagem
Neste dia 13 o Brasil inteiro viu na tevê uma cena muito interessante: jovem de 16 anos "estilo" Black Bloc (camiseta preta na cabeça), sendo retirado pelos pais da manifestação contra a copa realizada na zona leste de São Paulo. Assista ao vídeo:




O que em muitas reportagens foi resumido a um simples ato de autoridade paterna revela porém detalhes interessantes, como a preocupação dos pais pelo filho com muita ênfase, mas sem aparentar autoritarismo, e a sinceridade do jovem, demonstrando raro interesse cívico e argumentação convincente. 
Outros detalhes, ainda, mostram indícios de alguns tabus da nossa sociedade, que só se revelam em situações inusitadas e espontâneas (nem o pai nem o filho perceberam na hora que estavam sendo gravados):
O pai entende que o filho deveria estar satisfeito com a educação, já que os pais pagam escola particular para ele. Aparentemente, esse pai não tem consciência de que está pagando duas escolas, uma para o filho e uma para os filhos... dos outr…

Na escola pública brasileira tudo é possível!

Imagem
Segue mais uma mensagem recebida da mãe de uma aluna de educação infantil. A mensagem não é mais nem menos importante do que qualquer outra que recebemos, mas é impossível respondê-la diretamente, pois trata-se de mais um comentário postado no blog na página LEIS, que está lotada e não permite mais respostas. Por isso, mais uma vez pedimos para enviar suas mensagens por e-mail e não por comentários! O endereço é educaforum@hotmail.com
Quanto à consulta dessa mãe, a resposta é: sim, na escola pública tudo é possível! A falta de competência pedagógica e de compromisso com o aluno é tamanha que a maioria dos "educadores" (coisa que eles não são...) não encontram outra saída para "resolver" brigas entre crianças pequenas do que enviando-as para a diretoria. Lá, elas costumam ser atendidas por profissionais tão ou mais incompetentes do que aqueles que lavaram as mãos e assim o círculo se fecha sem qualquer solução. Mas atenção: na rede particular a situação é tão grave…

Consultas por E-MAIL, não por comentário!

Imagem
Mais uma vez pedimos que solicitem informações e orientações por e-mail e não por comentário nas páginas internas. As páginas que tratam de expulsão e assédio moral estão tão inchadas de comentários que não conseguimos mais responder! O e-mail é educaforum@hotmail.com. Um abraço!

A escola expulsando e enterrando os futuros pensadores

Imagem
Lembram do jovem retratado no post Expulsar Rui Barbosa, que tal? Ele permanece o símbolo do aluno brilhante desvalorizado pela escola, a ponto de correr o risco de expulsão. Esse caso foi um daqueles que exigiram uma estratégia muito especial: levamos o aluno (acompanhado pelo pai, por ser menor de idade) para o departamento jurídico da Secretaria da Educação, no exato dia e hora marcados para ele comparecer na escola e assinar sua "transferência compulsória", expressão usada pela SEE para abafar a expulsão. Só assim conseguimos garantir sua permanência na escola. Mas o que mais chama a atenção nessa história é o fato de um aluno educado, respeitoso e com rendimento escolar bem acima da média incomodar a escola, a ponto de ela tentar se livrar dele. Outro caso emblemático foi da aluna de São João da Boa Vista, uma das melhores da escola,expulsa por uma manobra sórdida da diretora, e só reintegrada depois que enviamos à Secretaria da Educação uma mensagem tocante e muito bem…

A escola sem educação

Imagem
Por estes dias recebemos duas mensagens de alunos que mostram bem o que sempre colocamos aqui: o maior problema da escola pública brasileira NÃO é a qualidade do ensino, mas a... falta de educação!
Ambas mensagens mostram duas escolas bem "mal-educadas": a primeira tem uma diretora desequilibrada e muito provavelmente corrupta, a segunda tem uma direção relapsa e omissa. Com esses exemplos, como exigir que nossas crianças e jovens desenvolvam um comportamento ético??
Esclarecemos que não se trata de casos isolados, o que é raro é receber mensagens tão claras como as duas que copiamos abaixo. Resguardamos o nome das escolas e dos alunos, porque o sistema educacional brasileiro é muito autoritário e qualquer denúncia provoca perseguições e represálias que nunca falham! Publicar o nome das escolas desencadeia terríveis "caças às bruxas", em que alunos são chantageados e pressionados até delatarem colegas eventualmente inocentes, para se livrarem das ameaças. 
A escola pú…