Postagens

Mostrando postagens de 2012

FELIZ EDUCAÇÃO EM 2013!

Imagem

Quando uma máquina pode substituir o professor

Imagem
O computador pode substituir o professor? A essa pergunta, o indiano Sugata Midra, professor de Tecnologia Educacional da Newcastle University, na Inglaterra e professor visitante do Massachusetts Institute of Technology, o famoso MIT, assim respondeu: Se existe um professor que pode ser substituído por uma máquina, é porque ele realmente merece ser substituído.



Leia a matéria sobre essa instigante colocação no site Educar para Crescer, clicando aqui. Não é de hoje que se fala da obsolescência do nosso sistema de ensino, mas pouco se faz no sentido de promover mudanças. Nossa escola continua querendo formar repetidores de informações, sem perceber que hoje o mais importante é compreender e saber avaliar essas informações. Nunca se falou tanto em analfabetismo funcional: a cópia e a decoreba são o primeiro passo para isso.

Alfabetizar no 1º ano: o salto de Claudia Costin

Imagem
Nunca é demais falar de Claudia Costin e do vertiginoso salto de qualidade da educação no município do Rio de Janeiro, onde é Secretária da Educação. Já lançamos aqui sua "candidatura" a Presidente da República, mas deixamos claro que não se trata de qualquer interesse político-partidário. Como sempre dizemos, nosso partido é o aluno e Claudia Costin parece ser, em todo o cenário nacional, a pessoa mais preparada e mais INTENCIONADA em realmente resolver esse que é o problema mais urgente do país: o analfabetismo funcional, que vem da falta de competência da escola em alfabetizar o aluno em letras, números e leitura do mundo. Por leitura do mundo não entendemos qualquer das teorias propaladas por certos educadores: trata-se, por exemplo, de a criança saber que cenoura não dá em supermercado, que energia é algo muito mais amplo do que corrente elétrica, que ser professor é profissão e não sacrifício, informações que abrem os horizontes da escola além das quatro paredes.
Claudi…

Mais verbas? Para quê? Para o ralo???

Imagem
Acompanhamos os gastos com educação - os famosos 25% do orçamento que já foram inclusive 30% aqui em São Paulo - há mais de duas décadas e podemos afirmar que até hoje essas verbas têm sido mal gastas, manipuladas ou até roubadas. A comprovação está no rendimento dos alunos que, no país inteiro, deixa muito a desejar. Salvo honrosas exceções, que porém não garantem a continuidade, a maioria dos estados e municípios brasileiros apresenta resultados medíocres ou até péssimos. Leia clicando aqui sobre nossa luta de mais de 20 anos.
Enquanto não houver uma política educacional unificada em nível nacional, focada no ALUNO e no APRENDIZADO, tudo vai continuar como está. E a luta por mais verbas vai continuar, pois essa é a única ladaínha que a sociedade "entende",  por não ter o hábito de refletir sobre o assunto. 
Já que muitos seguidores se cansam de textos longos e chatos, trazemos aqui um vídeo  rápido e bem explicativo do "Tio Sam", que se aplica perfeitamente também …

O que falta para a educação brasileira dar certo

Imagem
Leia este livro de Gustavo Ioschpe, clique aqui para assistir à sua entrevista na Band News e entenda que falta um projeto estratégico para a educação brasileira.

Delação na escola: quem recebe esse "prêmio"?...

Imagem
Está sendo travada na sociedade uma discussão sobre delação premiada A princípio, a delação só é "necessária" quando o "culpado" de algum crime não se identifica, seja por covardia, seja por estratégia. O prêmio só faz sentido se a delação for realizada por alguém já  condenado, com a promessa de ter a própria pena diminuída ao entregar algum cúmplice, evitando assim que esse continue cometendo crimes. A delação premiada é portanto instrumento de prevenção e não de vingança.

Diz o bom senso que as crianças devem ser orientadas a dizer a verdade  e a ter coragem de admitir os próprios erros.  Entretanto, em muitas escolas públicas de todo o país, a delação é estimulada como algo normal, apenas para "tirar da frente" problemas disciplinares que incomodam  a direção da escola.  Trata-se de uma espécie de vale-tudo, em que coloca-se colegas contra colegas a bel prazer pelos motivos mais banais, muitas vezes devidos à falta de supervisão dos alunos durante as a…

O que é pior: AULA VAGA ou aula ruim?...

Imagem
Por que  aula vaga  é  pior do que  aula  ruim? Pela lógica, ficar sem aulas poderia ser melhor do que receber aulas ruins. Afinal, a soma de aulas ruins arruína a vida escolar do aluno...
Entretanto, a observação mostra que as aulas do professor que falta muito costumam ser ainda piores do que as aulas ruins de professores que faltam menos. Por uma simples razão: se falta continuidade na sequência pedagógica, também fica difícil a avaliação do que o aluno aprendeu. Professor que falta muito não consegue manter a continuidade e precisa voltar aos assuntos mais vezes. A avaliação também é mais difícil, pois o que o aluno aprende hoje ele vai esquecer rapidamente, se não houver revisão. Tem mais: na hora da revisão, por onde começar?...
No final da década de 90 provocamos a mídia para fazer uma matéria sobre AULA VAGA, essa expressão ainda hoje proibida na rede pública, por caracterizar oferta irregular do ensino, que constitui crime. Na época, o PaisOnline havia lançado um formulário par…

Gustavo Ioschpe fala da educação brasileira: muito calor e pouca luz

Reserve uma hora do seu dia (ela dura mesmo 60 minutos) para ouvir atentamente essa entrevista do Gustavo Ioschpe e reflita a respeito das prioridades na educação brasileira. Você não precisa concordar "em gênero, número e grau", já que a unanimidade é burra, mas preste bastante atenção, pois a questão das prioridades é muito bem discutida neste bate-bapo descontraído, mas que aborda os pontos principais para uma análise do sistema de ensino no país.

Consideramos Gustavo Ioschpe uma espécie de "colaborador" do blog, pois já postamos e comentamos aqui muitos dos seus artigos e até recebemos dos nossos seguidores mensagens e comentários dirigidos a ele, o que mostra que alguns leitores o consideram "da casa".

O que chama a atenção no discurso do Gustavo é sua objetividade e coerência. Ele procura se basear em estudos e estatísticas, mostra números e percentagens e, quando é perguntado sobre algo que não pode mensurar, esclarece que se trata de opinião pessoal…

Penúltimo lugar! Cabe a quem?

Imagem
Muito "engraçado" esse cartaz, como aliás todas as imagens que se referem à falta de qualidade da educação: é sempre o aluno que leva a fama! Também quando se mostram as "pérolas" do enem, o aluno é que paga o mico. Quando será que alguém vai mostrar o "outro lado"? Até quando a figura do professor vai continuar intocável?


Academia "do bem" responde às "múmias da educação"

Imagem
Finalmente um grupo de intelectuais se manifesta para apoiar Claudia Costin, Secretária Municipal do Rio de Janeiro, rebatendo as "críticas" que ela recebeu das "múmias da educação". Coloquei críticas entre aspas, pois parece-me absurdo um grupo de acadêmicos encabeçarem um abaixo-assinado tão inconsistente e equivocado. As excelências não sabem a diferença entre crítica e calúnia?... Relembre o caso clicando aqui.
Segue o manifesto de apoio, copiado do Portal Aprendiz. É longo mas compensa ler, coma antes um chocolatinho, rsrs:
Um grupo de lideranças de diversas áreas criou e assina a seguinte carta de apoio ao trabalho da Secretária Claudia Costin à frente da Secretaria Municipal de Educação na cidade do Rio de Janeiro.
Depois do convite do Ministro Mercadante para que a Secretária Claudia Costin assumisse a Secretaria de Educação Básica do MEC, alguns acadêmicos decidiram publicar um texto com críticas que revelam não só desconhecerem o trabalho que vem sendo feito…

Múmias da academia à beira de um ataque de nervos

Imagem
Finalmente encontrei na internet o texto original que rejeita a indicação de Claudia Costin para a Secretaria de Educação Básica do MEC: leia clicando aqui.
Impressionante, a falta de consistência e a tendenciosidade do documento elaborado pelas "múmias da educação". Bom mesmo que ela fique no Rio de Janeiro e continue seu lindo trabalho por lá. Infelizmente, o Brasil ainda não a merece!

E cadê o posicionamento da "academia do bem", que não contesta nem ridiculariza esse disparate?

Como disse Martin Luther King:
O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.

O texto das múmias, apesar de sua incrível tendenciosidade e falta de conteúdo, tem o mérito de ser bem escrito, rs... (sepulcros caiados). Em contraponto, vale a pena relembrar a famosa denúncia anônima de "educadores" da EE Lucas Roschel Rasquinho, orquestrados pela APEOESP: uma vergonha de texto, não apenas pelos erros de português, mas pelo linguajar chulo e calúnias absurdas. Leia es…

Fome e sede de conhecimentos? Leia aqui!

Imagem
Para você, que é obrigado a aguentar uma escola chata (não fique triste, quase todas são, rs...) mas tem fome e sede de conhecimentos, o excelente Canal do Ensino  selecionou algumas mídias sociais (quase todas do Facebook) que ajudam a estudar as mais variadas disciplinas, além de jogos e livros virtuais. Veja os assuntos que lhe interessam, entre nos links e curta!
Jogos educativos para crianças a partir de 5 anos Dicas de português Dicas de matemática Dicas de química Dicas de física Diário de biologia História digital National Geographics Brasil Estudo de idiomas 45 Clássicos da literatura mundial

Não se esqueça também da sensacional Educopédia, programa completo de estudo para o Ensino Fundamental. 

Isto vem a calhar, já que a sociedade parece estar começando a compreender que  ensino é uma coisa, educação é outra. Hoje, para ensinar e divulgar conhecimentos, basta um computador! O papel da escola e do professor é o de "libertar", como você pode ler no excelente depoimento do educa…

Uma solicitação inacreditável!

Imagem
Acabamos de receber uma solicitação que parecia uma "pegadinha", de tão singela... Mas não: certamente muitos jovens brasileiros precisam dessa informação. Então vamos lá! 

Carol pergunta: 
Olá , gostaria de saber se existe alguma lei que proíbe professor de xingar ou humilhar algum aluno em aula , muito obrigada.

Resposta:
Sim, Carol, veja o que diz o Estatuto da Criança e do Adolescente a respeito dos direitos básicos à educação. Leia todos, em especial o marcado em vermelho.


ARTIGO 53° -


Livro I - PARTE GERAL

Título II - DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS

Capítulo IV - DO DIREITO À EDUCAÇÃO, À CULTURA, AO ESPORTE E AO LAZER

Art. 53º A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho, assegurando-se-lhes:

I - igualdade de condições para o acesso e permanência na escola;

II - direito de ser respeitado por seus educadores;

III - direito de contestar critérios avaliativos, podendo…

O ensino decoreba tem que acabar, diz Caio Castro

Imagem
O ator Caio Castro é um jovem com ideias muito claras sobre educação. Frequentou as melhores escolas e é grato por isso, mas... tem uma série de ressalvas sobre a forma tradicional de ensinar. Você pode ler sua entrevista ao Educar para Crescer clicando aqui.
Certamente Caio não se refere apenas ao ensino público, mas ao sistema educacional brasileiro como um todo, que continua arcaico, salvo raras exceções que confirmam a regra. Alguns modelos de ensino público, aliás, dão de 10 x 0 para o ensino ministrado na maioria das escolas particulares de nível "médio" no país. Veja por exemplo os links contidos no post Os bons exemplos: quem os segue?... e saiba que existem excelentes iniciativas na rede pública de ensino de todo o Brasil. O problema é que elas não são multiplicadas, pois não há... o quê?... vontade política por parte das secretarias da educação e das diretorias de ensino.
Como diz sabiamente esse jovem (e dizem que os jovens não são sábios...), o país precisa de um e…

Diário, meu querido Diário!

Imagem
Finalmente, um educador entendeu a que veio a Isadora Faber e seu Diário de Classe no Facebook.  Trata-se apenas de um diário, como as crianças e os jovens sempre fizeram. O problema é que o diário da Isadora ficou público e a maioria dos profissionais da educação está assustada com isso!
Seguem abaixo trechos de um texto do educador Sidiney Rodrigues, extraído do blog  Pedagogia Social. Sidiney se dirige a outros educadores, de forma sincera e corajosa. Parabéns, Sidiney, você foi muito feliz em suas colocações! Pedimos desculpas por marcar em vermelho um trecho que nos sensibilizou em especial. Fique à vontade para reclamar nos comentários, ok? rsrs
É essencial compreender o fenômeno que vai só crescer, não tem jeito, os alunos estão nas redes sociais, estão se comunicando por 140 caracteres, com fotos, com figurinhas, estão escrevendo vc, vdd, estão enfim se comunicando, quebrando o ensino das quatro paredes, hoje google e facebook são seus maiores parceiros, buscam informações, leem…

Eduardo Lyra, gerando valor

Imagem
Superinteressante esse vídeo do Geração de Valor apresentando Eduardo Lyra, um jovem empreendedor que viajou pelo Brasil garimpando bons exemplos para todos os jovens que já foram chamados de "louco". Se você já foi chamado assim, curta, divulgue, compartilhe e não se intimide com as críticas!

O Geração de Valor no Facebook: https://www.facebook.com/CanalGeracaodeValor?fref=ts

O Gerando Falcões no Facebook: https://www.facebook.com/GerandoFalcoes?fref=ts

O EducaFórum agora também no Facebook: https://www.facebook.com/EducaForum?fref=ts


A escola do futuro na Rocinha!

Imagem
O Brasil tem uma imensa dívida com a população que se encontra espremida nas favelas dos grandes centros urbanos, quase toda vinda de regiões do país onde ela não teve oportunidades de sobreviver e criar sua família. Não precisamos lembrar que, já no início da década de 70, especialistas israelenses vieram trazer e ensinar ao Brasil suas práticas de irrigação que, bem desenvolvidas, poderiam ter mudado a realidade em nosso nordeste...




O país tem empurrado essa problemática com a barriga, mas algumas iniciativas chegam a ser comoventes de tão bem intencionadas e ao mesmo tempo assustam pelo seu arrojo. Será que o país está preparado para acolhê-las? Será que a inveja e a mediocridade geral não poderão colocar tudo a perder?

O vídeo acima mostra o programa GENTE, da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro, que criou o Ginásio Experimental Carioca, na favela da Rocinha. Esse programa poderá mostrar a todo o Brasil e ao mundo como é fácil tornar a vida escolar algo realmente cone…

Uma fresta de luz

Imagem
O Ministro José Eduardo Cardozo declara que é melhor morrer do que estar preso. Ele não sabe que é ainda pior do que imagina. Preso não pode escolher morrer. Não tem essa escolha na cadeia. Segundo Marcelo Freixo, um espaço permanente de horrores.
Vou chamá-lo Jesus, com certeza mais de 18 anos, mas menos de 20 provavelmente. Mais uma vítima da drogadicção que leva ao crime contra o patrimônio e encarcera os nossos jovens em massa no Estado de São Paulo. Falta política de saúde pública e prevenção a drogas, falta escola, lazer, esporte e cultura, mas sobram vagas em cadeias públicas. Vagas, um modo irônico de falar, que espremer quatro pessoas em espaço onde caberia uma não é ter vaga.
Como cadeia é um local onde se cumpre pena de morte social, a morte física é uma consequência. O preso em São Paulo pode morrer, mas não de suicídio, senão seria em massa e ia complicar a vida dos nossos governantes e acordá-los de seus berços esplêndidos.
Voltando ao jovem Jesus, ele está sendo quase arra…

Esperando a tragédia?

Imagem
Fiquei chocada com essa notícia que vi no Diário Nacional da jornalista Isadora Faber:
Parte de escola pública desaba em Palhoça, na Grande Florianópolis
E ainda dizem que a menina deveria ficar brincando de boneca... Fiquei chocada, não com a notícia em si, mas porque acabei de assistir ao Jornal da Cultura, que na minha opinião é o melhor do país, e nada da notícia... Falou-se das tragédias naturais, da condição dos índios, da insegurança - inclusive em Florianópolis, mas nem uma palavra sobre essa que poderia ter sido uma grande tragédia, se o desabamento tivesse ocorrido durante o dia. Mas, como "deus é brasileiro", isso ocorreu durante a noite, o jornal "do almoço" deu a notícia em Santa Catarina, mas nada saiu em nível nacional. Bati o olho no índice dos assuntos no site do Jornal Nacional e também não vi nada lá sobre o desabamento da escola. Será que a notícia só vai sair no Fantástico, requentada?... 
Vou parar de escrever para assistir ao Jornal da meia noit…