Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

Drummond e a escola

Imagem
Brincar com as crianças não é perder tempo, é ganhá-lo. Se é triste ver meninos sem escola, mais triste ainda é vê-los sentados enfileirados, em salas sem ar, com exercícios estéreis, sem valor para a formação do homem.

Carlos Drummond de Andrade

Retrospectiva 2008 - muito a lamentar

Imagem

Retrospectiva 2008 - algo a comemorar

Imagem

Se o aluno fosse importante...

Imagem
Desde 1997, o programa Papai Noel dos Correios recebe milhares de pedidos de crianças carentes. Para variar, um dos itens mais solicitados este ano foi o material escolar: cadernos, lápis, lápis de cor, livros etc.

Esta é mais uma confirmação de que o aluno não é importante para a escola. Se fosse, o "excedente" (???) das verbas da educação não seria gasto em bônus para professores que mais faltam na escola ou "dão" aulas de péssima qualidade. Haveria um programa sério de atendimento às necessidades dos alunos cujas famílias não podem adquirir o material básico para manterem os filhos matriculados.

Ao contrário, existe uma "técnica" infalível de marginalizar e excluir o aluno que às vezes aparece na escola de chinelos, sem cadernos ou livros. Basta que seus "educadores" comentem o fato com desprezo na própria classe do aluno, para que ele se sinta discriminado e eventualmente nem volte mais à escola. Há também um método mais sutil: em suas intermi…
Imagem

Por que não dá na mídia?

Imagem
A mídia brasileira, tão ávida de escândalos em todos os níveis, não dá a mínima para os graves fatos que envolvem a educação, uma espécie de mar cor de rosa, um mundo a ser preservado de qualquer denúncia, logo tachada de “injúria” ou “difamação” que poderá “atirar lama” nessa instituição “sagrada”, essa casa-da-mãe-Juana onde todos se dão bem, menos o aluno.

O aluno? Ora, o aluno!... O que importa se ele é tratado como estorvo na escola? O que importa se ele se machuca e não é socorrido? O que importa se ele está ocioso durante as inúmeras aulas vagas e acaba se envolvendo em briga com os colegas? O que importa se um ventilador cai na cabeça dele? O que importa se ele estuda numa escola nota zero? O que importa se as verbas destinadas ao seu aprendizado são desviadas a bel prazer?

Este blog vive recebendo críticas por apontar todo tipo de mazelas, como se passássemos a vida inventando notícia ruim... O brado recorrente é: “Parem de apontar falhas, apontem soluções.”

Como se as soluções …

O "Wally" de Araraquara...

Imagem
Um certo diretor de escola, envolvido até o pescoço no esquema de corrupção de Araraquara, que durante dez anos desviou milhões de verbas das APMs para os bolsos de supervisores, diretores de escola e principalmente da dirigente de ensino, “fugiu” para São Paulo. Ele recebeu a promessa de que seria “salvo”, desde que calasse o bico, já que seria um dos “pilares” do esquema e seu testemunho poderia ser fatal na explosão do escândalo, que está até hoje bastante morno... (Pois é, você viu ou ouviu algo sobre isto na Globo, na Band, na Folha, no Estadão?...)

Pois bem, esse “Wally” de Araraquara foi identificado aqui em Sampa. O que o traiu foi seu modus operandi, exatamente igual ao que usava em seu local de origem. Isto significa que não mudou de atitude e muito menos se arrependeu de seus atos.

Esse “Wally” está desde 2004 como diretor efetivo numa escola da Capital, onde foi aplicando seus métodos:Já entrou instituindo o uniforme, que mandava confeccionar em Matão e revendia a “preços mó…

Cobranças para a SME

Imagem
Desde a semana passada, deixamos diversos recados para a secretária do Secretário Alexandre Schneider, Cláudia Oliveira, e para o Chefe de Gabinete, Waldecir Pelissoni, para que comentem o inquérito instaurado na 69ª Delegacia de Polícia contra as mães da EMEF Imperatriz Dona Amélia, que denunciaram as graves irregularidades citadas no post Processe as Mães!http://educaforum.blogspot.com/2008/12/processe-as-mes.html. Aliás, o documento que encaminhamos ao próprio Secretário no dia 14 de dezembro não mereceu qualquer resposta. Leia o documento aqui http://educaforum.blogspot.com/2008/12/escola-pblica-deformando-cidados.html.

Essas mães receberam um telefonema da delegacia, que não as intimou por escrito, mas ameaçou que se não comparecessem no dia e hora estipulada uma radiopatrulha iria buscá-las em casa. Na delegacia, NÃO PUDERAM LER os documentos que as incriminavam, apenas uma escrivã LEU PARA ELAS alguns tópicos, de forma que elas não têm certeza alguma do real teor do inquérito.

En…

O "direito" à vingança e à impunidade

Entre os inúmeros “direitos” da categoria que atua na rede pública de ensino – direito a faltar até dia-sim, dia-não, direito a agredir os alunos física ou moralmente, direito a tratar o aluno e seus pais como mero estorvo, direito a abafar as denúncias de quem se atreve a apontar seus desmandos – estão o “direito” à vingança e à impunidade.

É o que ocorre na EMEF Imperatriz Dona Amélia, desde o início do ano passado. Além de ter contrariado diversas leis que protegem as crianças e adolescentes confiados aos seus cuidados, a direção da EMEF resolveu se vingar das mães que se atreveram a levar suas denúncias à Secretaria da Educação, processando-as. E, como sempre, essa vingança seria consumada, se essas mães se dobrassem ao autoritarismo e ao abuso. Uma delas já havia sido condenada a uma cesta básica e a trabalhos comunitários por “difamar” a escola. Por esse motivo ela havia se afastado do grupo, mas, após ser intimada novamente a comparecer à delegacia de polícia, percebeu que a sed…

Professor coragem

Imagem
Meu nome é Flávio Lima, sou professor da rede pública estadual de ensino, leitor assíduo do seu blog, venho por meio deste veiculo de informação demonstrar minha revolta e indignação com tudo o que acontece na educação em Araraquara e região.
É angustiante como tudo acontece. Só quem vive o dia-a-dia nas escolas sente no espírito, na carne, a canalhice existente no funcionamento da maioria das escolas de Araraquara. O clientelismo político que eu defino como politicagem sebosa prevalece nas relações internas, no convívio diário e no trato dos recursos destinado ao funcionamento das escolas. A CRISE QUE ASSOLA A EDUCAÇÃO PAULISTA CHAMA-SE CORRUPÇÃO e das grandes, daquelas que podemos determinar como ‘MÁFIA EDUCACIONAL' . Existe uma máfia agindo em toda a diretoria regional de ensino de Araraquara para desviar os recursos destinados à educação e quando não são desviados são utilizados de forma incompetente e irresponsável. Uma síntese do que acontece na educação hoje: cada escola te…

Escola pública: DEformando cidadãos

Imagem
O EducaFórum parte do princípio de que tudo, na escola, é questão pedagógica.
No dia 08/10/07, um grupo de mães e alunos da rede municipal de São Paulo foi procurar o Secretário da Educação, após ouvir em um programa de rádio que ele estaria disposto a dialogar com eles. Foram atendidos por uma assessora, que ouviu seus relatos de abusos e irregularidades e lhes prometeu uma escola melhor. De lá para cá, a vida dessas mães e alunos virou um inferno: perseguições, represálias, humilhações, uma “apuração” que nem ao menos consultou os registros do livro de ocorrências da escola e, finalmente, um processo... da escola contra as mães, que nada fizeram, além de seguir estritamente o ECA, ao denunciar crimes da escola contra seus próprios filhos.
O resumo de tudo isso é extremamente grave: essa escola pública, que em nada difere das demais (poucas!) onde alguns pais têm a coragem de denunciar desmandos e abusos, contraria todo e qualquer procedimento minimamente pedagógico. Ela é uma escola…

Processe as mães!

Imagem
A escola exibiu a fita pirata Tropa de Elite para alunos de onze anos, a fim de que entendessem que são trombadinhas em potencial?
Processe as mães!
.-.
A funcionária tirou um sapato do pé de uma criança para atirá-lo nas costas de outra?
Processe as mães! .-. A escola coloca professores readaptados por problemas psiquiátricos nas classes para tapar as aulas vagas? Processe as mães! .-. As aulas vagas continuaram a todo vapor durante todo o ano letivo? Processe as mães!
.-.
A escola fez construção dentro do prédio durante o ano letivo e os alunos tiveram que passar por baixo de andâimes para entrar nas salas de aula? A obra foi feita sem coleta de orçamentos, o projeto nem a planta foram apresentados ao Conselho de Escola?
Processe as mães! .-.
A escola comprou uma máquina de xerox do primeiro que apareceu e gastou R$ 3.600 da APM? Processe as mães!
.-.
Os ventiladores não foram consertados e um caiu na cabeça de uma criança?
Processe as mães!
.-.
O elevador da escola está sem conserto e uma aluna parap…

O esquema VIII

Imagem
O deputado Simão Pedro demonstrou seriedade durante a reunião da Comissão de Educação, dia 03/12, mas ontem, na sua entrevista para a Rádio da Cidade, fez diversas declarações que o fizeram parecer corporativista, como aliás costumam ser os deputados ligados à educação e eleitos pela classe docente. Ele fez aquele “famoso” discurso de que os pais deveriam estar mais presentes na escola e elogiou o programa Escola da Família, criado para camuflar o real direito da comunidade PARTICIPAR DA GESTÃO DA ESCOLA, e não apenas comparecer nos finais de semana, como convidada ou prestadora de serviços. A realidade é que os pais de alunos não são bem-vindos na escola, a não ser em raras exceções que confirmam a regra. E, principalmente, eles não são convidados a participar do Conselho de Escola, um direito líquido e certo que lhes é negado por diretores de escola que não querem mostrar suas falcatruas. Pior ainda é a situação dos pais convidados para participar das APMs sem qualquer esclareciment…

Todos acordando cedo, amanhã!

Imagem
Amanhã, entre 6h00 e 7h00, o deputado Simão Pedro, presidente da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa, dará entrevista à Rádio da Cidade - programa Tribuna da Cidade sobre as denúncias que protocolamos no dia 3 de dezembro. Estaremos lá para cobrarmos providências.

Ouça aqui: Rádio da cidade AM 1370 ou pela internet: www.amdacidade.com.br

O esquema VII - Secretária ciente

Imagem
Entrega do documento publicado no dia 04/12 à Secretária da Educação e aos sete deputados da Comissão de Educação - Carlos Giannazi avaliando o tamanho da encrenca...

Como consta do documento entregue aos deputados da Comissão de Educação no dia 03/12, após diversas reuniões na Secretaria da Educação, com o Chefe de Gabinete, o Coordenador da COGSP e a Coordenadora da CEI, tivemos certeza de que todas as denúncias encaminhadas à SEE desde junho iriam acabar em pizza. Pedimos então uma reunião com a própria Secretária, Maria Helena de Castro, reunião solicitada em 20/10 através de documento protocolado por mim pessoalmente no Gabinete da Secretária e do Chefe de Gabinete, mas também enviado por e-mail, just in case. O documento você lê aqui, http://educaforum.blogspot.com/2008/10/para-variar-autoritarismo.html Como sempre explicamos, publicamos os documentos no blog para servirem de modelo aos pais de alunos que queiram se comunicar com as autoridades.
Não obtivemos resposta alguma e, q…

O esquema VI - Cobrar da Comissão de Educação

Imagem
Após a declaração pública da Secretaria Estadual da Educação, de que concordou com a invasão da PM dentro da EE Amadeu Amaral e com a agressão de diversos alunos, promovendo inclusive sua expulsão sumária através do “julgamento” (sic) do Conselho de Escola (leia aqui http://educaforum.blogspot.com/2008/11/compactuar-com-formao-de-quadrilhas.html), decidimos cortar as relações com a SEE, pois com essa declaração a Secretaria provou que o exemplo de ilegalidade que permeia a rede de ensino está vindo de cima. Resolvemos assim mudar de foco e encaminhar para a Comissão de Educação da Assembléia Legislativa as denúncias que temos recebido, já que entre as funções do legislativo está a fiscalização do Executivo. Esta quarta-feira entregamos pessoalmente o documento anexo aos sete deputados da comissão e o protocolamos junto ao presidente, deputado Simão Pedro. Coincidentemente, a Secretária Estadual da Educação, Maria Helena de Castro, esteve na reunião da comissão e também não escapou de …